agosto 23, 2011

[Cyber Cultura] Abram espaço para o Onibus Hacker

Enquanto os grupos Anonymous e LulzSec causam estragos a governos e empresas em todo o mundo com suas campanhas, alguns hackers brasileiros estão usando suas habilidades técnicas para ajudar os cidadãos para ter um melhor acesso às informações disponibilizadas pelo governo.

O grupo chamado Transparência Hacker está usando as habilidades técnicas de seus membros para transformar a sociedade através do cyber ativismo. Um dos representantes do grupo Transparência Hacker, Alexandre Gomes, disse que o principal desafio para a população é entender as informações que o Estado brasileiro disponibiliza na internet, e o THacker fomenta iniciativas que tentam prestar informações de utilidade pública de uma forma fácil de usar.

Os membros do grupo tem criado diversas ferramentas para coleta, análise e divulgação de dados públicos existentes em sites governamentais, como um sistema que torna públicos os registros dos contratos e gastos da Câmara de São Paulo, ou um sistema para classificar os parlamentares brasileiros com base em sua atividade.

O projeto mais recente do Transparencia Hacker é o Onibus Hacker, que inclui a compra de um ônibus e a instalação de todos os tipos de gadgets, para que o ônibus possa visitar várias cidades no Brasil e promover a cultura digital, o uso da tecnologia, a inclusão digital e a educação. O grupo usou um site de crowdfunding e conseguiram levantar quase R$ 60.000 em doações para poder comprar e personalizar um ônibus usado.

O ônibus será adaptado para receber uma equipe de até 16 pessoas, com bancadas e rede elétrica para suportar os equipamentos (como notebooks), e será equipado com webcam, GPS e conexão Internet (3G e/ou satélite), para garantir a mobilidade e o acompanhamento das atividades do grupo mesmo à distância.

A parte mais importante do projeto do Onibus Hacker será sua interação com o público em geral, que o pessoal da Transparência Hacker chama de "Invasões Hacker": o ônibus vai visitar pequenas cidades em todo o Brasil, onde irá interagir com a população local, utilizando a tecnologia para ajudar a resolver problemas da cidade, desde a criação de blogs até novas aplicações para ajudar a prefeitura local, além da sensibilização para o uso de tecnologias de dados abertos e promover a cultura hacker em geral. O grupo planeja até mesmo usar o Onibus Hacker para funcionar como um hotspot temporário quando visitar uma cidade.

Segundo Pedro Markun, um dos fundadores da Transparência Hacker, o Ônibus Hacker permitirá fazer ao mesmo tempo oficinas sobre legislação, software livre e audiovisual, além de ajudar a organizar debates com as comunidades locais.

Onibus THacker from bruno fernandes on Vimeo.



O Transparencia Hacker e o Onibus Hacker mostram como os verdadeiros "hackers" podem usar suas habilidades para promover o cyber ativismo de forma construtiva, tentando contribuir com a sociedade.

Um comentário:

Pimenta disse...

A intenção é a melhor do mundo. Mas eu não usaria esse hotspot. :P

Creative Commons License
Disclaimer: The views expressed on this blog are my own and do not necessarily reflect the views of my employee.